Projecto EDEA / Arquitectura Experimental

Demostradores Proyecto EDEAA degradação do meio ambiente, e específicamente as mudanças climáticas, faz com que a sociedade e todos os sectores produtivos e económicos que a produzem, reestruturem profundamente os modelos de produção e consumo.

Na União Europeia, a construção de edifícios equivale a 40% dos materiais, produz o 40% dos resíduos e consume o 40% da energía primária.Estes dados apresentam-nos um sector que influi muito nas áreas económicas, ecológicas e sociais; por outras palavras, é um sector insustentável.

É por isso que o Departamento de Fomento sente a necessidade de desenvolver uma metodologia de design e construção de habitações sociais na Extremadura de maneira a conseguirem vivendas sob critérios sustentáveis, com um melhor uso energético e novas energías renováveis, além de garantir uma melhora da qualidade na edificação.

A concretização desta idea será através da construção de dois “demostradores-vivienda” , com uma tipologia parecida com as vivendas fomentadas pela Junta de Extremadura, de maneira a estabelecer uma comparação de dados em tempo real entre o “demostrador-vivienda” original e o “demostrador-vivienda” experimental, onde serão testadas as diferentes medidas de sustentabilidade, eficiência energética e energias renováveis.

O objectivo é desenvolver o projecto baseado num design energético, reduzindo o consumo de energia sem diminuir o conforto térmico nem acrescentar os custos associados.

Mais informações